Arquivo

Construindo Sonhos–Irisviel Fate Zero

iri

ATENÇÃO: Quando fazemos um cosplay sempre temos que ter em mente que estamos construindo um sonho, então se você decidiu encarar esse desafio a primeira regra que você tem que sempre ter em mente deis do começo do trabalho é que isso deve ser prazeroso e divertido! Lembre-se você vai enfrentar dificuldades e mais do que qualquer coisa você vai ter que aprender. Se você está disposto a encarar esses desafios então este post é para você!

Fate-Zero.Irisviel-von-Einzbern.640x960-1

Faz um tempo que estou planejando este post e desejando compartilhar essa experiência com vocês, mas inicialmente não o fiz por que justo o primeiro cosplay que defini para a matéria foi o de uma antiga amiga que me fez pegar desgosto dele, porém como quem vive de passado é museu decidi desenterrar o projeto e aqui estamos nós! O titulo já descreve muito de minha opinião sobre fazer um cosplay. A experiência é magica, primeiro por interpretarmos um personagem que amamos segundo pelo processo de criação em si, e quem decide fazer este tipo de arte com as próprias mãos tem um retorno ainda mais magico que não tem medidas.

Fazer uma roupa do nada não é fácil e até indicaria um simpático curso de corte e costura para pelo menos aprender o básico, mas conheço muita gente que aprendeu a costurar sozinha então se você quer você pode, existem muitos sites que dão ótimas referencias para você começar então não vou me ater a costura em si mas o processo.

Na Irisviel o que me pegava era justo a referencia, já fiz uns posts falando da importância dela mas vou repetir algumas coisas aqui, ter uma referencia para o seu projeto é importantíssimo, por que? Primeiro que em cenas de anime, até mesmo em Manga alguns detalhes passam despercebidos e segundo para você modelar a roupa precisa conhece-lá muito bem. Depois de muito pesquisar localizei essa imagem.

user111166_pic126011_1287089278

É importante ter uma visão tridimensional do que se vai fazer justamente para enxergar a construção da peça, eu costumo desenha-lá algumas vezes, desenhar as partes e imaginar exatamente como monta-lá antes de começar.

Depois de ter isso bem claro na sua cabeça é hora de definir o material com o qual vai trabalhar, a garota escolheu Oxford que é um tecido bem comum em cosplays, para o começo acho um tecido bom, mas conforme seus projetos forem evoluindo indico pesquisa e diversificação. As partes douradas foram feitas com fitas de cetim e internamente adequei um bojo para dar mais firmeza a região do busto, note que toda roupa branca possui transparência e se você for usa-lá num palco ai que dá chabu mesmo, para tentar suavizar isso fiz mais de uma camada de tecido e indiquei a cosplayers usar anáguas que dariam mais leveza a roupa e evitariam constrangimento. Para costurar usei linha dourada metalizada nos detalhes, dá um efeito bonito mas é muuuuito chato de se trabalhar com ela e tem que se passar bem devagarinho na maquina.

Depois de tudo definido matérias comprados foi a hora de tirar as medidas e desenhar os moldes, para facilitar a visualização eu costumo geometrizar na minha cabeça as peças pois fica mais fácil de ver. Lembre-se de deixar espaço para a costura!

Foto0007 (2)Deixe seus matériais bem organizados e lembre-se de que depois de marcar e cortar o tecido você precisa saber exatamente quais peças são o que.

Depois disso, fui para a maquina, como a roupa em si leva costura dupla foi uma santa paciência, pois apesar de aparentar ser uma roupa fácil ela é trabalhosa e cansativa pois leva um bom tempo de maquina, mão firme e uma boa visão. Depois de juntar tudo o indicado é usar uma maquina de overloque para fechar mas se você como eu não tem essa benção, a maioria das maquinas de costura possuem um ponto de falso overloque que quebra muito o galho.

O resultado ?? Bem por sorte eu tenho algumas fotinhas para vocês terem uma ideia. Como foram tiradas de celular não tão aquelas coisas mas acho que vão gostar.

Foto0009 (2)

Eu consegui seguir o efeito geométrico da roupa só o busto que parece um pouco maior por que a garota tem mais peito que eu XD . As mangas ficaram firmes, um medo que eu tinha quando modele a peça, e os efeitos dourados ficaram muito fofos e como vocês podem reparar pela iluminação a cor está solida ^^

Nível de dificuldade para esse cos? Fácil apenas como eu disse exige paciência afinal é cansativo de costurar, e exige atenção pois o desenho das costas e da frente se cruzam é bem engraçado até.

Para o próximo post dessa serie vou tirar bastante fotinhas da parte de modelagem da roupa para ajuda-lós a ter uma ideia de como fazer. Muitas roupas quando você desconstrói normalmente lembram a alguma roupa do figurino do dia a dia então você pode usar de referencia moldes que você acha pela web.  Não bloquei sua criatividade é ela que pode te dar aquele click que resolve um cosplay que inicialmente parece difícil.

Por hoje é só afinal deixei muuuitas informações para vocês pensarem e analisarem né? Quero opiniões e ideias pro próximo post da serie ok? Aguardo seus comentários!

 

Doce noite!

Titânia Astarte

2 comentários:

R.S.Goulart disse...

Post instrutivo, informativo e excelente pra quem quer mergulhar na arte de fazer cosplay. Gostei como você aborda que precisa ser divertido e tudo mais. Parabéns Milady! e que novos posts assim venham. ;*

Obrigada roro acho que tudo na vida tem que ter seu toque de diversão e prazer. Pretendo continuar com essa linha e ir mostrando mais desse trabalho divertido que é produzir cosplays,

Postar um comentário

Seguidores

Visitantes